AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

Reprodução Cubic Telecom

Por redação AIoT Brasil

A partir do início de 2021, a empresa irlandesa Cubic Telecom começará a oferecer no Brasil suas soluções de conectividade e internet das coisas para as indústrias automotiva e agrícola, por meio de uma parceria com a companhia de telecomunicações TIM. O acordo permite que a Cubic utilize a rede da TIM Brasil e atue como uma operadora móvel virtual (MVNO), para que as duas companhias combinem suas capacidades e ampliem a oferta de tecnologia embarcada a clientes corporativos.

A parceria já foi homologada pela Anatel e a expectativa é que entre em operação no início de 2021. “O novo acordo com a Cubic Telecom reforça nossa posição no setor automotivo e consolida a presença da TIM como um parceiro que oferece soluções inovadoras, apoiadas na qualidade da maior rede 4G e de IoT do Brasil”, disse Paulo Humberto Gouvêa, diretor de Soluções Corporativas da TIM Brasil, em comunicado da empresa.

Barry Napier, CEO da Cubic, explicou que o acordo permitirá que clientes de primeira linha superem o desafio de conectar tecnologias no Brasil, o sétimo maior mercado mundial do setor automotivo: “Um diferencial importante para nós da Cubic é simplificar a entrada nos países com regulamentações mais rígidas. O Brasil é um mercado essencial para montadoras globais de automóveis e empresas IoT, então nossa entrada no país demonstra e comprova nossa capacidade de estabelecer suporte local em todos os mercados regulamentados importantes para os clientes”, disse.

A Cubic tem sede em Dublin e atua globalmente, fornecendo equipamentos e softwares de conectividade para veículos, inclusive autônomos, que permitem automação e rastreamento, entre outros recursos de IoT. O acordo, segundo a TIM, também consolida sua operação de MVNO, como importante fornecedora de rede de acesso e infraestrutura para operadoras móveis virtuais.

O software da Cubic pode ser instalado em automóveis, máquinas agrícolas ou dispositivos nas instalações dos fabricantes, em qualquer lugar do mundo. Um comunicado da empresa irlandesa explicou: “Devido à proibição única e estritamente aplicada de roaming permanente no Brasil, uma única solução global não seria possível, por motivos de conformidade regulatória. Com o lançamento dessa nova solução, os clientes da Cubic Telecom podem implantar produtos globais para uso localizado sem qualquer preocupação quanto a restrições regulatórias e de conformidade”.

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
28/06/2022

Que tal pagar o cafezinho com criptomoeda?

Leia mais
27/06/2022

Como os brasileiros veem as tecnologias wearable

Leia mais
break

Notícias Relacionadas