AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

Por redação AIoT Brasil

A prefeitura de Santo André, na região metropolitana de São Paulo, assinou um contrato com a empresa norte-americana American Tower, especialista em sistemas wireless, para a instalação do iSite em duas áreas públicas do município. O objetivo é aumentar a cobertura da rede de telecomunicações e a conectividade, por meio de equipamentos autossuficientes em energia, preparados para operar com 5G e monitoramento de internet das coisas, com tecnologia LoRaWAN.

De acordo com comunicado da prefeitura, a solução de infraestrutura ficará em postes autossuficientes em energia, com até 18 metros de altura, para suportar as diferentes tecnologias usadas pelas operadoras móveis. O contrato foi fechado com base em um chamamento público lançado pela prefeitura em novembro de 2020 e abriu as portas para o primeiro negócio da American Tower com administrações municipais brasileiras.

Ao jornal Diário do Grande ABC, o prefeito de Santo André, Paulo Serra, disse que a intenção é tornar a cidade uma referência no setor de TI: “Santo André dá mais um importante passo em tecnologia e inovação, o que garante conectividade e interação, alinhadas às políticas públicas para o fomento de conceitos como cidades inteligentes e indústria 4.0, que geram novas oportunidades”, afirmou.

Emerson Hugues, diretor-geral da American Tower no Brasil, lembrou a crescente demanda por conectividade e explicou: “O iSite é ideal para centros urbanos com maior densidade demográfica, por ser eficiente em energia, não interferir no estilo arquitetônico e oferecer acesso rápido e fácil a locais nas ruas para infraestrutura sem fio. Essas instalações permitem que as operadoras de rede móvel dimensionem de maneira eficiente a implantação de células de cobertura menores e facilitam o uso de aplicativos de cidades inteligentes”.

Nessa primeira etapa do projeto, o iSite será instalado nos bairros de Vila Guiomar e Vila Suíça, em uma ação desenvolvida em conjunto por várias secretarias do governo municipal. Com a capacidade de conexão simultânea de grande número de dispositivos, a rede deve aperfeiçoar a prestação de serviços públicos como controle do trânsito, gestão de energia, monitoramento climático, defesa civil e telemedicina e atenção à saúde.

Mais populares

09/08/2022

Febraban Tech começa hoje em São Paulo

Leia mais
16/12/2021

Conheça o lado cinza dos marketplaces

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
08/08/2022

Ferramenta com IA mostra zonas de risco para mulheres

Leia mais
08/08/2022

Saiba como lidar com bots com segurança

Leia mais
break

Notícias Relacionadas