AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

*Foto: Modelo Volvo XC90 que receberá a nova tecnologia Nvidia em 2022/Divulgação Nvidia

Por redação AIoT Brasil

Uma plataforma de computação de inteligência artificial que consegue realizar 254 teraoperações (ou 254 trilhões) por segundo: isso é o que promete a tecnologia Nvidia Drive Orin que será incorporada à próxima geração de veículos da Volvo Cars. Trata-se de um sistema em chip (SoC, ou System-on-a-Chip) a ser instalado no computador de condução autônoma da fabricante de veículos sueca e desenvolvido pela norte-americana Nvidia, em uma parceria que amplia a colaboração entre as duas companhias.

De acordo com a Nvidia, o computador com essa tecnologia assegura a condução autônoma segura e atualizada continuamente, por meio de softwares desenvolvidos internamente pela Zenseact, empresa da Volvo Cars, e sistemas de backup para direção e frenagem. “Com a potência computacional e o processamento gráfico adicionais fornecidos pela Nvidia Drive Orin, é possível instalar conjuntos avançados de sensores necessários para a condução autônoma, como a tecnologia de ponta LiDAR desenvolvida pela Luminar, outra parceira da Volvo Cars”, afirma a empresa.

O primeiro carro equipado com o novo sistema deverá ser o Volvo XC90, com lançamento previsto para 2022. “Acreditamos que parcerias com as principais empresas de tecnologia do mundo podem nos ajudar a criar os melhores modelos possíveis. Com o poder da tecnologia Nvidia Drive Orin, podemos aumentar a segurança de nossa próxima geração de carros”, disse Henrik Green, diretor de tecnologia da Volvo Cars.

O Volvo XC90 atual, o Recharge, é um SUV híbrido de sete lugares, que em deslocações mais curtas pode usar apenas o motor elétrico recarregável, sem emissão de carbono. No modelo do próximo ano, o recurso de condução autônoma sem supervisão Highway Pilot será ativado quando for verificado que é seguro para condições e locais específicos. Antes desse acordo, já havia sido anunciado que a Volvo utilizaria também a tecnologia Nvidia Drive Xavier no computador central de alguns de seus veículos, para o gerenciamento das principais funções internas e assistência ao motorista.

A Volvo Cars, fundada em 1927 em Gotemburgo, Suécia, teve o controle acionário adquirido pela holding chinesa Zhejiang Geely, em 2010, e possui fábricas também na Bélgica e nos Estados Unidos. No ano passado, vendeu mais de 660 mil carros em cerca de 100 países e uma de suas metas é que, até 2050, metade de sua produção mundial seja de veículos totalmente elétricos.

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
28/06/2022

Que tal pagar o cafezinho com criptomoeda?

Leia mais
27/06/2022

Como os brasileiros veem as tecnologias wearable

Leia mais
break

Notícias Relacionadas