AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

Por redação AIoT Brasil

O iFood abriu uma nova rodada de inscrições na plataforma iFood Labs, que funciona como um hub digital de inovação para identificar startups que atuam ou pretendem atuar no mercado de delivery. Com isso, empresas nascentes de todo o Brasil podem se inscrever e se candidatar a projetos de aceleração e a investimentos para o desenvolvimento de soluções nas áreas de alimentação, logística e vendas B2B.

A cada mês o iFood Labs abrirá um Pitch Day para que as startups apresentem suas propostas e, em caso de aprovação, poderão ser aceleradas ou adquiridas pela empresa, ou ainda direcionadas para outros hubs, aceleradoras e universidades parceiras. “Para o iFood, abrir as portas para startups é um movimento onde todos ganham: o setor, que recebe investimentos e tem projetos incríveis sendo acelerados e desenvolvidos; as empresas, que têm seu potencial reconhecido e podem crescer e realizar mais negócios, e nós, que, como unicórnios, temos o importante papel de contribuir para a aceleração desse ecossistema”, disse Marcos Gurgel, líder de inovação do iFood.

As inscrições estão abertas para o primeiro pitch, em 13 de outubro, que será dedicado às logtechs. As startups também já podem se inscrever para os encontros de 3 de novembro, dirigido às foodtechs, e 1º de dezembro, que se concentrará na experiência do parceiro. Os interessados devem se inscrever diretamente no portal iFood Labs.

De acordo com o iFood, desde maio deste ano foram promovidas mais de 150 conexões de startups com investidores, hubs, aceleradoras e universidades, que resultaram em 39 testes e 27 negócios concretizados. “Como resultado dessa cultura de inovação aberta, o iFood também fez nos últimos anos cinco investimentos em startups de inteligência artificial, de sistemas de restaurantes, de delivery de mercado e de veículos autônomos”, disse a empresa, em comunicado.

Entre esses investimentos está a aquisição da Hekima, que cria modelos personalizados de inteligência artificial e big data. Com isso, segundo o iFood, foi possível incorporar à sua equipe profissionais de desenvolvimento de algoritmos de IA, cientistas de dados e outros especialistas em tecnologia. Posteriormente, a partir do hub de inovação, foram adquiridas a eComanda, especializada em sistemas para restaurantes, e o site Mercado, de delivery de produtos de supermercados.

A última aquisição anunciada pelo iFood, também em maio, foi a compra minoritária da Synkar Inc., empresa brasileira que desenvolve robôs autônomos para diversas finalidades, por meio de inteligência artificial e machine learning. Com isso, a empresa vem expandindo os modais complementares de entrega, tendo robô autônomo em teste em Ribeirão Preto (SP).

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
28/06/2022

Que tal pagar o cafezinho com criptomoeda?

Leia mais
27/06/2022

Como os brasileiros veem as tecnologias wearable

Leia mais
break

Notícias Relacionadas