AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

*Foto: Kurt Cobain, morto em 1994 aos 27 anos, teria cantado Drowned in the Sun em 2021/Reprodução

Por redação AIoT Brasil

Kurt Cobain, Amy Winehouse, Jimi Hendrix, Janis Joplin, Jim Morrison e Brian Jones são os integrantes mais famosos do macabro Clube dos 27, um grupo de astros da música que morreram aos 27 anos de idade. Não faltam teorias conspiratórias para tentar explicar a coincidência e muito já foi escrito sobre isso, principalmente em relação ao que pessoas tão talentosas poderiam ter produzido se tivessem vivido por mais tempo. O objetivo mais do que ambicioso é “ressuscitar” esses músicos para apoiar artistas com distúrbios emocionais.

Agora, com muito mais criatividade e com o apoio da inteligência artificial, a organização canadense Over The Bridge lançou o projeto Lost Tapes of the 27 Club, que compôs canções póstumas inspiradas nesse grupo. O objetivo mais do que ambicioso é “ressuscitar” esses músicos para apoiar artistas com distúrbios emocionais como ansiedade, depressão e dependência de drogas. A ideia é arrecadar fundos para esse trabalho por meio das “gravações perdidas do Clube 27”.

Para isso foram utilizados dois softwares de IA, um para as letras e outro para melodia e ritmo, tentando a maior aproximação possível do estilo de cada músico, com faixas interpretadas por replicadores vocais. No EP lançado é possível ouvir como seriam as canções Drowned in the Sun na voz de Kurt Cobain, Man, I Know cantada por Amy Winehouse, You’re Gonna Kill Me com Jimi Hendrix e The Roads Are Alive interpretada por Jim Morrison. Todas foram criadas por algoritmos, com base no conjunto de gravações feitas por esses músicos, “mesmo sabendo que a inteligência artificial não substitui o talento real”.

De acordo com os responsáveis pela Over The Bridge, trata-se de um trabalho de longo prazo para criar uma tábua de salvação na indústria da música, meio em que se registram casos acima da média de problemas mentais e emocionais. Eles dizem que uma letra de música pode influenciar milhões de pessoas e até salvar vidas. O objetivo da organização é “ajudar os necessitados a cruzar a ponte sobre águas turbulentas”, numa referência à canção Bridge Over Troubled Water, de Paul Simon, e dar apoio aos artistas “para que possam continuar fazendo nos próximos anos as músicas que amamos”. Ouça alguns dos artistas.

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
28/06/2022

Que tal pagar o cafezinho com criptomoeda?

Leia mais
27/06/2022

Como os brasileiros veem as tecnologias wearable

Leia mais
break

Notícias Relacionadas