AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

Por redação AIoT Brasil

As empresas que trabalham com 5G, inteligência artificial e internet das coisas serão as mais beneficiadas pelo impacto da pandemia de covid-19 em relação a investimentos, crescimento e implementação. Na outra ponta, o desenvolvimento de software e hardware para carros autônomos poderá ser o mais afetado pela crise.

Essas são algumas conclusões de um estudo de impacto feito pela consultoria de serviços profissionais KPMG, em parceria com a Global Semiconductor Alliance, que ouviu líderes globais da área de semicondutores. Foi apresentada aos entrevistados esta questão: considerando as seguintes soluções de mercado, qual impacto a covid-19 terá sobre o seu investimento, crescimento e implementação? A maioria (59%) respondeu que o impacto mais positivo será proporcionado pelas tecnologias 5G, IA e IoT. Essa tendência, segundo a KPMG, está diretamente relacionada à crescente demanda por conexão rápida e eficiente.

Entre os entrevistados, 86% disseram que suas empresas estão mantendo vigilância cibernética conforme os planos de trabalho remoto e de contingência de negócios são implementados. Entre as mudanças de longo prazo que esperam implementar, 55% citaram atualizações tecnológicas como colaboração de nuvem e automação.

Em relação ao enfrentamento da pandemia, os executivos informaram que a providência mais imediata é facilitar arranjos de trabalho alternativo para os funcionários, como home office e horários flexíveis, além de assegurar a continuidade dos negócios dos parceiros das cadeias produtivas. A maior parte dos executivos (86%) disse também que a empresa está enviando comunicados regulares à equipe sobre os processos destinados a protegê-los e a manter as operações críticas.

Em relação ao ano anterior, a maioria (59%) dos líderes do setor prevê uma queda de até 10% na receita em 2020 e 23% acreditam que haverá um crescimento entre 5% e 18%, enquanto 18% acham que não haverá nem crescimento nem queda. Como medida de economia, 64% das empresas reduziram custos com viagens e gastos com subcontratados.

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
20/01/2022

Os principais ataques cibernéticos no Brasil em 2021

Leia mais
23/06/2022

FEA/USP promove conferência de ciência e negócios

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
break

Notícias Relacionadas