AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS

Fechar
A A

Tamanho fonte

Por redação AIoT Brasil

Um módulo de automação em nuvem e o aperfeiçoamento dos recursos de monitoramento de infraestrutura estão entre as novidades anunciadas em maio pela Dynatrace, empresa de origem suíça, com sede nos Estados Unidos, que desenvolveu uma plataforma de inteligência de software. Em comunicado, a companhia afirma que, por meio de tecnologias como inteligência artificial e análise de dados avançada, as novas ferramentas proporcionam mais segurança e controle nas aplicações baseadas em cloud.

Um dos lançamentos é o Dynatrace Cloud Automation, um módulo de automação em nuvem que foi adicionado à plataforma para permitir que as equipes de desenvolvimento e de engenharia de confiabilidade de site aumentem a qualidade das aplicações na nuvem com mais rapidez e menor risco.

Segundo Steve Tack, vice-presidente de gerenciamento de produtos da Dynatrace, a dinâmica da nuvem moderna, sempre em constante mudança, acaba consumindo muito tempo das equipes, que enfrentam enormes desafios para garantir ciclos de desenvolvimento com qualidade, segurança e rapidez. “Nesse cenário, processos manuais e visibilidade limitada acabam sendo prejudiciais à análise e à otimização da performance das aplicações. O Cloud Automation automatiza as tarefas e reduz o tempo de solução de problemas, para que as equipes estejam aptas a dedicar mais tempo às inovações”, disse.

Leia também:
Dynatrace cria hub de inteligência de software

Em relação ao monitoramento de infraestrutura, a empresa aprimorou a análise de registros kubernetes e ambientes multicloud, para que as equipes pesquisem, segmentem e analisem registros históricos em tempo real de qualquer fonte, em um local centralizado, sem intervenção manual. Um dos sistemas de monitoramento é gerado com o mecanismo de inteligência artificial Davis, que detecta anomalias com base em eventos de registro e outros dados e identifica automaticamente a raiz dos problemas de infraestrutura.

Para as aplicações móveis, a Dynatrace aprimorou o Digital Experience Module, incluindo session replay para fornecer às equipes digitais uma visão semelhante a um filme, com a experiência do usuário. Isso permite que vejam cada clique, da perspectiva do usuário, a fim de otimizar os aplicativos móveis para desempenho, adoção de recursos e conversões.

“Estamos simplificando continuamente a complexidade da nuvem, trazendo automação e assistência de inteligência artificial para novas fontes de dados, à medida que se tornam disponíveis”, acrescentou Steve Tack.

Imagem da plataforma de inteligência de software da Dynatrace/Reprodução Dynatrace

Mais populares

08/06/2021

99 usa IA para dar mais segurança às passageiras

Leia mais
10/06/2021

Duran Duran lança clipe feito por inteligência artificial

Leia mais
09/06/2021

Coreia do Sul recorre à IA para monitorar pesca ilegal

Leia mais
04/06/2021

Conheça o algoritmo da desinformação

Leia mais
30/10/2020

Alexa, abra La Casa de Papel, na Netflix...

Leia mais
break

Notícias Relacionadas