AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

*Foto: A OrCam MyEye lê textos e reconhece rostos mesmo em modo off-line/Divulgação Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo

Por redação AIoT Brasil

As Fábricas de Cultura vinculadas à Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo receberam novos equipamentos eletrônicos que vão facilitar a vida de pessoas com deficiência visual. Entre os dispositivos, destacam-se as câmeras OrCam MyEye, desenvolvidas pela empresa israelense OrCam, com recursos de inteligência artificial.

Acoplada à armação dos óculos e ativada por voz, a OrCam MyEye pesa 22,5 gramas, mede 7,6 cm por 2,1 cm e, de forma intuitiva, lê instantaneamente um texto de um livro, jornal ou embalagem, na tela de um celular ou em qualquer outra superfície, além de reconhecer rostos e cores. Assim, ajuda a pessoa com deficiência visual a trabalhar de maneira mais independente, fazer compras e ganhar autonomia.

De acordo com a OrCam, a câmera tem um sensor óptico avançado que captura imagens do entorno e comunica as informações por voz, em modo off-line, por meio de um pequeno alto-falante localizado acima do ouvido do usuário, ou por um dispositivo bluetooth conectado. A OrCam MyEye já é utilizada em mais de 40 países e comunica-se em 20 idiomas, permitindo a leitura de 100 a 250 palavras por minuto.

As câmeras foram entregues nas Fábricas de Cultura de Vila Curuçá, Sapopemba, Itaim Paulista, Parque Belém e Cidade Tiradentes, na capital paulista, e na de São Bernardo do Campo, na região do ABC. O secretário de Cultura, Sérgio Sá Leitão, disse que a iniciativa contou com a parceria da organização social Catavento, responsável pela gestão do Museu de Ciências Catavento. “Nosso objetivo é oferecer mais acessibilidade por meio das ações e atividades nas Fábricas de Cultura do Governo do Estado, investindo em equipamentos e infraestrutura de ponta”, explicou.

Segundo Sá Leitão, as bibliotecas das Fábricas de Cultura já contam com vários outros equipamentos de acessibilidade, entre os quais leitores autônomos, leitores de livros digitais, ampliadores de caracteres, teclados ampliados, mouses adaptados, folheadores eletrônicos e impressoras braile.

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
20/01/2022

Os principais ataques cibernéticos no Brasil em 2021

Leia mais
23/06/2022

FEA/USP promove conferência de ciência e negócios

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
break

Notícias Relacionadas