AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

Por redação AIoT Brasil

Especialistas em veículos aéreos não tripulados estão convidados a participar de um desafio original que busca ideias capazes de ajudar no combate a incêndios florestais e, como prêmio, poderão ganhar uma viagem à Suécia. A iniciativa é do Centro Sueco de Pesquisa Aeroespacial (SARC) e da Rede Brasileira de Pesquisa e Inovação Aeroespacial (BARINet), que lançaram a 2ª Competição Aeroespacial SARC-BARINet, com o objetivo de fomentar a colaboração multidisciplinar entre a academia e o setor aeronáutico.

Os participantes têm até o dia 1º de julho para apresentar propostas que envolvam múltiplos tipos de drones, que deverão trabalhar em colaboração, lançados na área florestal por outra aeronave e voando em formação. Em 13 de julho serão anunciadas as equipes que avançarão para a Etapa 2 e, em 7 de novembro, haverá a entrega dos prêmios durante o Congresso CISB-SARC.

O time vencedor receberá um prêmio no valor de 6 mil euros para custear despesas de viagem para os seus membros, que serão convidados a viajar para o Brasil (caso sejam suecos) ou para a Suécia (se forem brasileiros). A viagem incluirá reunião da equipe com representantes da indústria aeroespacial do país correspondente.

Poderão participar pesquisadores do Brasil e da Suécia, exceto funcionários do setor aeroespacial, em equipes de no máximo 10 integrantes, que trabalharão em conjunto desde o projeto e a fabricação dos drones até a demonstração virtual. Ao serem selecionados para a fase seguinte, farão a demonstração ao vivo em seu país de origem.

“Estamos muito motivados para essa segunda edição da competição, pois o tema aborda diretamente um dos maiores desafios relacionados à sustentabilidade, uma questão prioritária para a sociedade atual”, destacou Alessandra Holmo, diretora do Centro de Pesquisa e Inovação Sueco-Brasileiro, uma das organizações que apoiam a iniciativa.

A competição se destina também a acelerar a área de pesquisa de sistemas que utilizem veículos aéreos não tripulados colaborativos em trabalhos práticos e viáveis. Os aspectos de design incluem mecânica, aerodinâmica, controle de voo, estruturas, subsistemas elétricos e eletrônicos e software e serão aceitas adaptações e integrações de peças comerciais prontas para uso nas aeronaves.

Entre as empresas que apoiam a competição estão a brasileira Embraer e a sueca Saab, da área de segurança e defesa. “A Embraer valoriza e estimula continuamente a aceleração do aprendizado de profissionais para que estejam sempre aptos a encontrar soluções para os mais diversos desafios da indústria aeronáutica”, disse Maurílio Albanese Novaes Júnior, gerente de desenvolvimento tecnológico da Embraer.

Magnus Ahlström, vice-presidente global de inovação da Saab, lembrou que a iniciativa estimula o empreendedorismo e a inovação no setor e, no nível individual, inspira os jovens a desenvolver habilidades e talentos: “Estou ansioso para ver os conceitos e ideias que irão florescer dessa cooperação entre o Brasil e a Suécia em tecnologias futuras para veículos aéreos não tripulados”, afirmou.

Para mais informações e inscrições, os interessados devem acessar o site do SARC.

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
20/01/2022

Os principais ataques cibernéticos no Brasil em 2021

Leia mais
23/06/2022

FEA/USP promove conferência de ciência e negócios

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
break

Notícias Relacionadas