AIoT Brasil BRASIL INTELIGÊNCIA ARTIFICIALE INTERNET DAS COISAS BRASIL

Fechar
A A

Tamanho fonte

Por Redação AIoT

A CommScope anunciou que a Mediacom Communications selecionou seu portfólio de soluções de conectividade ponta a ponta para alimentar a rede de banda larga ultrarrápida em seu histórico teste de conexão 10G. A Mediacom conduz o teste em parceria com a CableLabs e a The Internet & Television Association (NCTA), para fornecer conectividade ultrarrápida, de baixa latência, confiável e segura para a casa inteligente 10G.

Teste 10G avalia aplicações domésticos inteligentes em condições reais

O teste 10G permite que a Mediacom, CableLabs e NCTA avaliem a capacidade da plataforma 10G da Mediacom no suporte à automação residencial do futuro, realidade virtual (VR), realidade aumentada (AR), jogos, display holográfico e aplicativos de consumo em um ambiente real.

A Mediacom também usa a casa inteligente 10G como um laboratório de tecnologia operacional para testar novas aplicações. Os resultados do teste moldarão a estratégia 10G da empresa enquanto ela trabalha para expandir sua rede rica em fibra para incluir a entrega de velocidades residenciais de internet dez vezes mais rápidas que suas ofertas atuais de 1 Gbps, bem como melhorar a latência, confiabilidade e segurança.

“A CommScope foi um de nossos principais parceiros ao construir a plataforma para nosso teste de 10G”, destaca JR Walden, CTO da Mediacom. “Com a CommScope, fomos capazes de consolidar todas as soluções de headend, rede IP, planta externa e equipamentos dos clientes que precisávamos para implantar uma rede de ponta a ponta capaz de dar suporte à casa inteligente 10G do futuro.”

Casa inteligente traz dezenas de dispositivos e serviços de IoT

A rede ponta a ponta 10G da Mediacom oferece conectividade downstream ultrarrápida de ~2,4 Gbps, bem como conectividade upstream de ~1,3 Gbps para mais de 70 dispositivos inteligentes em toda o local de teste. O serviço é transmitido por conexões Ethernet com fio e conexões Wi-Fi 6 sem fio dentro das casas. A lista de dispositivos inclui geladeira inteligente, robôs de limpeza, câmeras de segurança, TV 8K, fones de ouvido VR e AR, alimentador de animais de estimação e muito mais.

Rede ponta a ponta ultrarrápida e de baixa latência

A CommScope forneceu à Mediacom todas as soluções essenciais para obter uma rede de arquitetura de acesso distribuído (DAA) rápida e de baixa latência para fornecer conectividade 10G para a casa inteligente.

Essas soluções incluem:

• Video Unified Edge (VUE), um conjunto de software de headend modular usado para virtualização de rede e para transmitir guia de visualização, informações de emergência e outros dados aos clientes.

• vManager, um conjunto de micro serviços para facilitar a implantação, configuração e gerenciamento de redes DAA.

• E6000 Converged Edge Router (CER), que fornece a funcionalidade CCAP Core convergindo todos os serviços da Mediacom (vídeo, dados de alta velocidade e voz) antes de encaminhá-los por fibra óptica digital para os Remote PHY Devices (RPDs) nos nós de fibra, permitindo que a Mediacom use DOCSIS 3.1 no downstream e no upstream para fornecer maior largura de banda aos seus assinantes.

• OM6000 Opti Max Optical Nodes, em combinação com E6000n Remote PHY Devices (RPDs), permite que a Mediacom implante um DAA para estender a parte digital de seu headend para o nó de fibra óptica, para melhorar o desempenho na borda da linha e aumentar a eficiência espectral, além de permitir maior largura de banda para os assinantes.

• Touchstone TG9452 Telephony Wireless Wi-Fi 6 Gateways, que conecta todos os dispositivos com capacidade de IP na casa inteligente e nas casas dos participantes do teste 10G à rede de banda larga de alto desempenho.

A CommScope também desenvolveu aplicativos de desktop e de dispositivos móveis para a casa inteligente, que permitem testar a velocidade de conexão da rede a qualquer momento.

“O teste 10G da Mediacom demonstra que as empresas de cabeamento podem construir plataformas 10G capazes de fornecer velocidades de internet rápidas e simétricas, latência ultrabaixa e alta confiabilidade, que são necessárias para a casa inteligente do futuro”, disse David Grubb, vice-presidente sênior de arquitetura e estratégia na CommScope.”

Mais populares

02/06/2022

Inteligência artificial detecta fake news na internet

Leia mais
13/01/2021

Testamos os recursos tecnológicos do VW Nivus

Leia mais
20/01/2022

Os principais ataques cibernéticos no Brasil em 2021

Leia mais
23/06/2022

FEA/USP promove conferência de ciência e negócios

Leia mais
27/08/2021

Automação doméstica deve crescer 30% no Brasil

Leia mais
break

Notícias Relacionadas