AIoT Brasil

Fechar
* Foto: Câmera inteligente instalada no aeroporto de Florianópolis/Divulgação Intelbras

Por redação AIoT Brasil

Agora, quem desembarca no Aeroporto de Florianópolis percebe a presença de um novo tipo de câmera, que não serve apenas para acompanhar a movimentação dos passageiros. Os equipamentos, desenvolvidos pela Intelbras, uma empresa de tecnologia com sede em São José (SC), são a nova arma utilizada na capital catarinense para a identificação de pessoas com temperatura elevada, um dos sintomas de covid-19.

Instaladas no início de outubro, as câmeras incorporam inteligência artificial e medem a temperatura corporal de até 15 passageiros, simultaneamente, a distância, e substituem as pistolas de avaliação térmica individuais que eram utilizadas até então. Quando o equipamento identifica alguém com temperatura acima do normal, os fiscais da Vigilância Sanitária municipal o encaminham para avaliação dos sintomas.

Além disso, por meio de tecnologia de reconhecimento facial, o sistema monitora o uso correto de máscaras, obrigatórias no aeroporto, que em setembro registrou uma média de 1.800 desembarques por dia. “A indústria da aviação sempre teve elevados padrões sanitários, e a solução térmica é um exemplo que garante eficácia, conforto e segurança aos nossos passageiros e à comunidade aeroportuária”, disse Ricardo Gesse, CEO do aeroporto de Florianópolis.

Marcus Ferraz Haudsch, gerente de soluções e projetos da Intelbras, lembrou que a pandemia trouxe novos desafios para as companhias aéreas e aeroportos, com prioridade para a segurança sanitária. Segundo Haudsch, a Intelbras, fundada há 44 anos, possui um centro de pesquisa e desenvolvimento com mais de 300 profissionais dedicados a desenvolver produtos de alta tecnologia, alguns dos quais utilizados para monitorar hospitais, farmácias, bancos, órgãos públicos e áreas estratégicas, como os aeroportos.

A solução adotada em Florianópolis incorpora câmeras térmicas, gravadores inteligentes de imagem, equipamento de precisão para medição de temperatura e software de gerenciamento. As câmeras geram alertas automáticos de temperatura elevada, com utilização de IA, e podem acionar sistemas de alarme, controle de acessos e avisos na tela do operador.

 

Tags

#AI #IA #inteligenciaartificial #covid19 #Intelbras #reconhecimentofacial #camerastermicas #gravadoresinteligentesdeimagem #softwaredegerenciamento

Compartilhe